O Grupo de Oração Sementes de Maria acontece todos as terça-feiras, as 19:30 com início do Santo Terço, na Capela Rosa Mística, Rua Paulina Maria Alves, 210, Loteamento, Pompéu/MG.

terça-feira

Especial!! Dia 30-04-2016.

O grupo de oração Sementes de Maria, no último sábado, recebeu novamente o nosso irmão Thiago Evangelista Gonçalves, 32 anos, RCC de Sete Lagoas, que levou a palavra de Deus aos nossos corações nesta noite pela vontade do Senhor.

Nesta noite, Deus o inspirou a falar sobre a nossa infidelidade com o Senhor, sobre nossas fraquezas que nos levam a perdição e também que a mão pesada de Deus vem sobre aqueles que buscam as coisas erradas em suas vidas.

Ele perguntou: "Quem já sentiu a mão pesada do Senhor?" , falando que as vezes é bom passarmos por esses momentos com Deus para amadurecermos espiritualmente e para que não caiamos facilmente nos nossos próprios erros.

A palavra pregada foi Jeremias 14, 1-10:

1. Eis o que diz o Senhor a Jeremias a propósito da seca:
2. Judá está coberta de luto, e às suas portas enlanguesce o povo, a cabeça pendida para a terra. De Jerusalém se levanta um clamor de angústia.
3. Os grandes da cidade enviaram os servos à procura de água. Encaminham-se estes às cisternas; água, porém, não encontram, e voltam com os recipientes vazios, envergonhados, confundidos, cobertas as cabeças.
4. Fende-se o solo todo, porque a chuva não rega a terra. Decepcionam-se os lavradores e cobrem suas cabeças.
5. Até a corça no campo abandona a cria, por falta de pastagem.
6. Mantêm-se nos montes os asnos selvagens, aspirando o ar como chacais. Seus olhos perderam o brilho, pois que não há erva.
7. Ó Senhor, se nos acusam nossas iniqüidades, agi de acordo com a honra de vosso nome. São, na verdade, numerosas nossas infidelidades; pecamos contra vós.
8. Senhor, esperança de Israel, vós que sois o seu salvador no tempo da desgraça, por que sois qual estrangeiro nessa terra, viajante de uma noite apenas?
9. Por que sois como um homem desvairado, como um guerreiro que não nos pode mais defender? No entanto, Senhor, permaneceis entre nós, e é o vosso nome que trazemos. Não nos abandoneis!
10. Eis o que diz o Senhor acerca desse povo: Compraz-se ele em vaguear, e não sabe deter os seus pés. Deles o Senhor não se agrada. Lembrando-se de suas iniquidades, castiga-o por causa de seus pecados. 

Palavra do Senhor.
Graças a Deus!

 Thiago disse dentro desse contexto da palavra, que o povo daquela época estava muito desobediente a palavra de Deus. Também citou que a desobediência entrou na vida das pessoas desde o início, no tempo de Adão e Eva: "não quer dizer que comer uma maçã tornou-se pecado, mas sim a atitude que Adão e Eva tiveram por desobedecerem a Deus" disse ele. 

Também enfatizou que dentro dessas desobediências, Deus vinha mandando profetas naquele tempo para falar ao povo, a ponto destes sofrerem sérias consequências por obedecer ao Senhor. Então com Jeremias não era diferente, sofria muito por obedecer a Deus, reagiu principalmente contra as contínuas mudanças políticas, partindo da aparente autonomia da Judéia, com Josias, até o surgimento do império babilonês e a consequente destruição de Jerusalém, em 587 antes de Cristo. 

Os falsos profetas porém, eram sempre otimistas, predizendo o bem, embora falsamente, para a nação de Judá. Jeremias por sua vez anunciava a terrível verdade. A exatidão de suas predições era tão grande que seus compatriotas sentiam que, de algum modo, ele era responsável pelos acontecimentos adverso, perseguindo-o como se fosse traidor. Porém Jeremias nunca se esquivou da tarefa, mesmo diante de falsas acusações e de ameaças de morte.

Thiago disse: "Jeremias era um homem que falava ao povo sobre o que Deus iria fazer pela desobediência de cada um, na verdade, na obediência, mas ao mesmo tempo orava a Deus para que salvasse aquela nação, para que o povo se convertesse e a mão de Deus não fosse tão dura para com eles". Mostrando que aquele povo tinha alguém que rezava por eles, que cuidava para que Deus não destruísse definitivamente a vida dos indivíduos. Era uma pessoa misericordiosa, mas que não deixava de dizer que a justiça do Senhor viria sobre os que não se arrependessem e não mudassem de vida.

Citou a respeito das infidelidades, sobre situações do dia a dia que nos leva a nos afastar de Deus, como as novelas de hoje que fazem apologia a muitas situações abomináveis aos olhos do Senhor, que nos levam a pecar e viver nos vícios. Exemplificou quando vivia no mundo das drogas: "eu ia para o mundo das drogas e do crime e chegava em casa vazio". Dizendo que isso não era bom, que não conseguia se aproximar do Senhor por esses motivos, e assim vivia sempre na infidelidade.

A seca, os males, as doenças, tudo daquela época foi por motivo da mão pesada do Senhor para que aprendessem a buscar a Ele, nem que fosse preciso um sofrimento tão grande. Em nossas realidades de vida, coisas parecidas ainda acontecem e cabe a nós perseverarmos até o fim com coragem e fidelidade a Deus para que sua mão venha sobre nós com mais leveza. Algumas vezes em nossas vidas, percebemos que Deus se silencia um pouco para que possamos aprender a procurá-lo mais, a entendê-lo mais, a compreender as suas promessas para nós e crescermos na fé para nos aproximarmos mais Dele. 

Por isso, é preciso viver íntimo de Jesus que é o nosso Deus salvador da humanidade, que pesa a sua mão sobre os infieis mas cuida com carinho daqueles que buscam a fidelidade contínua, se arrependem de ser tão ingratos e mesquinhos, para viver em harmonia com  a Santíssima Trindade que sois um só Deus.

Vivamos cada dia mais na retidão pois o Senhor quer nos dar o melhor, quer nos levantar, nos retirar da seca espiritual, quer nos saciar com a sua água que nos dá a vida e nos cura de todos os males.

 Confira as imagens deste dia especial:











































 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Como praticar a devoção dos Cinco Primeiros Sábados dedicados à Virgem Maria?

"Deus quer estabelecer no mundo a devoção a meu Imaculado Coração"    Na terceira aparição, em Fátima, a 13/7/191...