O Grupo de Oração Sementes de Maria acontece todos as terça-feiras, as 19:30 com início do Santo Terço, na Capela Rosa Mística, Rua Paulina Maria Alves, 210, Loteamento, Pompéu/MG.

segunda-feira

Chegamos ao tempo da colheita


O dia do Senhor está cada vez mais próximo. Dizer que estamos próximos do grande e glorioso dia do Senhor não é motivo de medo. Jesus virá como vitorioso para retirar toda a sujeira deste mundo. Ele virá para recolher os que são d'Ele, como explica na parábola do joio e do trigo:

“O que semeia a boa semente é o Filho do Homem; o campo é o mundo; a boa semente são os súditos do Reino; o joio são sos súditos do maligno”
(Mt 13,37-38).
Você é filho do Reino, portanto, boa semente. Não é joio: não é filho do maligno! Você é um filho de Deus, selecionado para o Reino que virá em breve. A colheita é o fim dos tempos que se aproxima. Não se trata do fim de todas as coisas, mas da grande transformação que Deus irá fazer.

Assim como o trigo cresceu e produziu fruto, também o joio cresceu e produziu o seu fruto. É por isso que existe tanta maldade, violência, corrupção, adultério, prostituição, doenças, miséria. O fruto do mal já cresceu e amadureceu. Como aquelas frutas que, quando maduras, se abrem e soltam o caroço para fora, assim está o mal na face da terra. Ele está desabando, por isso, mostra-se altivo, como se fosse o vitorioso.


Mas também o trigo já produziu o seu fruto. Ele está maduro. Chegamos ao tempo da colheita. Hoje vivem juntos joio e trigo, por isso sofremos. Mas Jesus ordenou que não arrancássemos o joio, senão o trigo seria arrancado também. É difícil ser cristão, ser escolhido, ser santo no mundo onde tudo nos arrasta, nos seduz para a corrupção. Mas essa é a nossa missão, o nosso desafio.


Deus o abençoe!

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Como praticar a devoção dos Cinco Primeiros Sábados dedicados à Virgem Maria?

"Deus quer estabelecer no mundo a devoção a meu Imaculado Coração"    Na terceira aparição, em Fátima, a 13/7/191...