O Grupo de Oração Sementes de Maria acontece todos as terça-feiras, as 19:30 com início do Santo Terço, na Capela Rosa Mística, Rua Paulina Maria Alves, 210, Loteamento, Pompéu/MG.

quarta-feira

O que os olhos não vêem


Olhos espirituais” seria a capacidade de, em meio a toda confusão do dia a dia, enxergar os sinais que o Senhor vai nos revelando nos acontecimentos de nossas vidas. Quando estamos imersos em nós mesmos, nos problemas ou mesmo nos atropelos da vida, não conseguimos ver o que Deus nos propõe, o novo que Ele nos convida a viver.
No livro de Judite, temos a Palavra: ” Todos os vossos caminhos são previamente escolhidos e os vossos juízos são marcados por vossa providência” (cap 9,5).
Isso nos leva a refletir sobre a necessidade de, mesmo não entendendo os “nãos” que Deus nos dá, continuarmos acreditando que Ele sabe o que é melhor para nós. Mesmo quando não entendemos o que Ele nos motiva a viver, precisamos fazer a experiência de enxergar com os olhos da fé.

Aprender a sofrer as demoras de Deus                                         
Assim como fez Abraão, o qual, mesmo não compreendendo por que Deus lhe pedia em sacrifício o filho da promessa, foi capaz de visualizar com os “olhos de águia’ que a providência do Nosso Senhor vai além das nossas expectativas. Somente com esta certeza de fé foi capaz de responder ao filho quando este o interrogou sobre o cordeiro para o holocausto. “Pai, temos aqui a lenha e o fogo. Mas onde está o cordeiro para o sacrifício?”(Gn 22,7). Ao que, aquele é que é considerado o pai da fé pôde responder: “Deus mesmo o providenciará” (Gn 22,8).
“Mesmo não entendendo os ‘nãos’ que Deus nos dá, continuamos acreditando que Ele sabe o que é melhor para nós”
A certeza de que Deus sabia onde o estava levando, deu a Abraão a firmeza em afirmar que a Providência Divina aconteceria. Ele trazia a certeza de que o Senhor não volta atrás em Suas promessas.
Num momento difícil da minha vida, em que eu não conseguia enxergar nada além de minha dor, o Senhor me fez uma promessa. Desde então, esta promessa norteia meus passos. Em um momento de dor, Deus me disse com voz clara:  “Sei bem do projeto que tenho em relação a vós, oráculo do Senhor! É um projeto de felicidade, não de sofrimento: dar-vos-ei um futuro, uma esperança!” (Jer 29,11).
Por isso, quando sou assaltada por uma provação, remeto-me à lembrança desta promessa que Ele próprio me fez. Acalmo meu coração, fixo meus olhos no Senhor e digo: “Confie, coração! O Senhor teu Deus cuida de você, mesmo que seus olhos humanos não vejam, ele está trabalhando a seu favor e não tarda a cumprir Suas promessas”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Como praticar a devoção dos Cinco Primeiros Sábados dedicados à Virgem Maria?

"Deus quer estabelecer no mundo a devoção a meu Imaculado Coração"    Na terceira aparição, em Fátima, a 13/7/191...