O Grupo de Oração Sementes de Maria acontece todos as terça-feiras, as 19:30 com início do Santo Terço, na Capela Rosa Mística, Rua Paulina Maria Alves, 210, Loteamento, Pompéu/MG.

sexta-feira

Tudo está sob o olhar de Deus

 
Deus nos criou e chamou à vida para Ele. Nós fomos feitos para as coisas do Alto, por isso, nosso coração deve ser um coração que louva ao Senhor.

Maria, com seu testemunho para a Igreja, soube buscar as coisas do Alto. Ela atendeu os desígnios de Deus, gerando o Filho do Criador em seu próprio ventre.

O mesmo acontece com todas as mães, que ao atender ao desígnio de Deus, buscam gerar vida. O desejo maior de Deus Pai é a constituição da família, como ocorreu com a Virgem Maria que, ao dizer seu "sim", deu início à Sagrada Família.

É necessário que exista a fé para que a vontade do Pai seja atendida, pois ela deve ser unicamente devotada ao projeto d'Ele. Fazer a vontade do Pai é fazer com que nossa vida seja plena no amor de Deus. E se hoje existem famílias destruídas é porque elas não foram dóceis à vontade do Senhor.

Nossa Senhora não frustrou o desejo de Deus Altíssimo, mesmo sabendo que sua história passaria pela cruz junto de seu Filho. Apesar da profecia de Simeão no templo, Maria foi firme ao acreditar nas promessas do Pai.

Da mesma forma que aconteceu com a Virgem Maria, muitas vezes, nos vemos em meio a sofrimentos e a dores que parecem transpassar nossos corações. Mas é nesse momento que somos fortalecidos e recompensados por nossa fidelidade a Deus.

Precisamos aprender a meditar a Palavra de Deus e deixá-la moldar nossos corações. Porque se alguém é capaz de suportar a dor da perda de um filho, com certeza, essa pessoa foi tocada profundamente pelo amor de Deus e compreendeu que este [seu filho] foi criado para o Céu.

Olhar para Maria é também olhar para santas mulheres da Igreja, como Santa Mônica, que, por meio de sua intercessão, alcançou a graça da conversão do seu filho, Santo Agostinho, um homem que vivia as coisas do mundo numa vida afastada de Deus.
"É necessário existir fé para que a vontade do Pai seja feita," exorta padre Ivan
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Somos responsáveis, em especial os pais e mães, pela santificação de nossas famílias
. Você mulher, que padece no relacionamento com seu marido, persevere na vida de oração. Você pai, que vê seu filho se afastar e buscar refúgio nas drogas, permaneça junto à cruz de Cristo, pois n'Ele você encontrará salvação para sua família.

Nos momentos de dificuldade não faltam pessoas para nos dizer palavras vãs, porém, devemos, nessa hora, guardar a Palavra de Deus, e, com a ajuda dela, reencontrar nossa alegria, porque quem se afasta da Palavra se transforma em uma pessoa frustrada.

Você precisa se decidir pelas coisas do Alto, fazendo a vontade de Deus até mesmo nas pequenas coisas do seu dia a dia. Só assim você será capaz de gerar Cristo para o mundo.

Não é fácil gerar Cristo no seio da sua família, mas é muito mais difícil fazê-lo longe d'Ele. Você não pode desistir dos seus filhos e do seu marido, porque eles dependem de você para encontrar Deus.

Uma vez que encontramos Cristo, queremos anunciar essa Boa Nova para outras pessoas. A graça que você recebe de conhecer Deus não pode parar no seu coração, mas sim ser repassada para sua família e todos os irmãos que precisam ser transformados e renovados pela Palavra.
 
Padre Ivan Paixão
Sacerdote consagrado da Comunidade Canção Nova. 

Um comentário:

  1. Corretíssimo! Só a oração e joelho no chão ajudam!
    Linda semana e grande abraço!

    ResponderExcluir

Como praticar a devoção dos Cinco Primeiros Sábados dedicados à Virgem Maria?

"Deus quer estabelecer no mundo a devoção a meu Imaculado Coração"    Na terceira aparição, em Fátima, a 13/7/191...